Posts Tagged ‘radiohead’

melhor que o original

01/02/2011

Desde que o mundo é mundo e que música é música que existe os covers, as versões e as traduções. Algumas ficam boas, algumas ficam ruins e outras ficam péssimas. Algumas você só troca 6 por meia dúzia, a versão fica tão boa quanto à original, como High and Dry do Radiohead que fica tão deliciosa na voz de Jorge Drexler e Jamie Cullum. Mas e quando se trata de música pop chiclete que só serve pra dançar loucamente numa Sem Loção da vida e de repente ela vira aquela música pra se levar pra vida toda? Preconceito com os cantores pops e babação com os cantores cults? Nem vou entrar nesse tipo de discussão (até porque escuto os dois mesmo e pronto! mas confesso que o primeiro escuto mais naqueles dias de faxina ou em qualquer festchenha, enquanto o segundo serve pra escutar enquanto você estuda, escreve ou pensa na vida), só quero mesmo mostrar algumas músicas que ficam completamente diferentes das versões originais quando gravadas em outras vozes.

Britney Spears x Yael Naim = Toxic

Britney Spears x Franz Ferdinand = Womanizer

Rihanna x Jamie Cullum = Don’t Stop the Music

Um projeto que eu acho legal e que todo mundo já deve conhecer é o Pomplamoose, é um dupla formada por Jack Conte e Nataly Dawn que ficou famosa no youtube justamente por fazerem versões de músicas muito conhecidas. Acho bem bacana o projeto deles, mas melhor ainda é o trabalho autoral de ambos.  Vale conferir.

Beyonce x Pomplamoose = Single Ladies

Pomplamoose: myspace/ youtube / twitter

ps: me recusei a colocar as versões de Baba Baby com Kelly Key e Maria Gadú, mesmo assim é um bom exemplo de completa mudança estrutural na música.

 

 

Anúncios

Next time, no surprises, please!

23/03/2010

Radiohead - JUST A FEST

Foto roubada de Rogério – estou sem nenhuma nesse computador – eu estava mais perto – hihihih :D

Hoje faz 1 ano que eu vi o inesquecível, maravilhoso e o supercalifragilisticexpialidocious show do Radiohead.

Mas antes disso acontecer eu passei por alguns probleminhas com relação ao meu ingresso, confusão de minha parte e irresponsabilidade da empresa (ingresso.com) foram responsáveis por isso. Com passagem comprada e só aguardando com ansiedade a data da viagem entrei em desespero quando o namorado e alguns amigos falaram que já estavam com ingresso em mãos e eu não!

Na mesma hora liguei pra empresa e esta me orientou a mandar um email questionando sobre o ingresso. Ao enviar o email, quase que instantaneamente recebi uma resposta dizendo que o meu ingresso já havia sido entregue. COMO ASSIM ENTREGUE? VOCÊS SÓ PODEM ESTAR BRINCANDO COMIGO? exatamente assim em letras garrafais a minha resposta ao email prosseguiu…

Minha indignação aumentava a cada informação que eu lia no email enviado pela empresa. Constava que o ingresso havia sido entregue à Sonia, assim sem sobrenome e meio indigente…e onde eu trabalhava não havia nenhuma Sônia, nenhuma! Fiquei pensando que ele poderia ter entregue na mesma rua, mas no lugar errado e só pensei em quantos apartamentos iria ter que bater pra achar meu ingresso. E se a pessoa que ele entregou fosse “ligada nas parada” e vendesse meu ingresso? Passei o fim de semana cheia de hipóteses e medos, pois toda a comunicação ocorreu numa sexta-feira e eles ainda iam verificar o ocorrido.

Nessa vontade de entender o que havia acontecido, fui verificar a página do meu pedido e ai me bateu um desespero maior ainda. O endereço que coloquei para entrega era o do meu trabalho, mas o CEP era da minha casa e detalhe, ainda tinha um número errado. O pior de ainda não estar com ingresso em mãos era saber que a culpa poderia ter sido minha, e eu não poderia esculhambar a empresa. Depois de muito pensar como isso poderia ter acontecido, lembrei que na noite que comprei o ingresso (eles começaram a vender exatamente às 00h do dia 05/12/2008)  era o dia em que eu tinha que entregar minha monografia. Ela estava toda pronta, exceto a parte de referências bibliográficas, especificamente as referências das mais de 30 fotografias que utilizei no projeto. Acredite, você não iria gostar de citá-las conforme as regras da ABNT…

Para terminar logo o meu trabalho comprei o ingresso às pressas, errei na hora do endereço, (assim como enviei o arquivo não revisado da monografia pra gráfica e tive que imprimir novamente mais 5 cópias do projeto) não revisei o pedido e comprei! De nada adiantou minha pressa em comprar o ingresso em 1 minuto e 30 segundos, porque o namorado demorou bem uns 20 lendo cada detalhe do pedido (eu sei…nascer com 7 meses tem seus malefícios) e comprando o ingresso dele e de mais dois amigos. Quase mato a criatura à grito com o tempo que ele estava ocupando o computador (quem conhece sabe como ele é rápido e eu calma…)

Pra finalizar esse post enorme (pra compensar o tempo que tenho deixado o blog abandonado), quando cheguei ao trabalho na segunda-feira a faxineira veio me entregar o ingresso, disse que o entregador colocou meu ingresso na caixa de correios na sexta-feira pois chegou no local e não havia ninguém (ele esteve lá fora do horário comercial) e não satisfeito em deixar o meu ingresso passar o fim de semana numa caixa de correios ele mentiu todos os dados da entrega. Na segunda-feira quem foi “entregar” o ingresso foi outra pessoa e disse pra a faxineira que o primeiro entregador pediu desculpas, disse que tinha família e etc..aquelas coisas de que faz você se sentir culpado por reclamar de algo que está errado para não prejudicar uma pessoa. Afinal eu estava gastando cerca de R$900,00 pra ir ali assistir a um show e esse cara precisava desses 500 conto de salário mínimo pra manter a família (se é que ele tinha uma pois ele havia mentido tanto até agora).

Você pode perguntar “e porque não verificaram a caixa de correios?” Na empresa 90% das correspondências que chegavam necessitavam de assinaturas, assim como o ingresso, não fazia sentido procurar lá. O pior é que ainda sai como mentirosa e metida para a ingresso.com (como se eles fossem se preocupar com isso, mas é só uma observação), dizendo que não havia nenhuma Sonia na empresa. Menti e nem conheço as pessoas com quem trabalho, né fogo?! No email que a ingresso.com me enviou para confirmar o recebimento do ingresso veio mensagens internas deles, confirmando a existência da Sonia, pode?!

Courier esteve no local e a funcionaria da dest, a sra Sonia ,confirmou que deixou os Ingressos com a sra. Maria do Socorro Silva, Funcionária. rg 4.659.969 fone de contato 3267-6910.

A caixa de correios ganhou um nome, Sonia, eu não reclamei do mocinho que colocou o ingresso na caixa dos correios, mesmo sob protesto das pessoas e do namorado.

ps: o show foi sensacional!