eu falo mal, tu falas mal, ele fala mal…falemos mal então.

E ontem foi o VMB. E enquanto passava a premiação, não havia outro assunto a ser debatido no Twitter a não ser o quanto Hori, Restart, Cine e essas bandas de público alvo adolescente eram ruins e mesmo assim estavam faturando todos os prêmios.

Eu, inclusive, também falei mal.

Algumas semanas atrás foi o prêmio Multishow e as mesmas bandas faturaram vários deles (não vou aqui discutir a questão dos prêmios, da mídia e dos produtos de consumo. Deixa isso pra depois).

Mas é que hoje os comentários continuaram e achei bem interessante perceber vários pontos de vista. Gente falando mal das bandas, dos prêmios, das roupas e gente falando mal de quem fala mal das bandas. Gente falando mal da MTV e mesmo assim assistindo (pra ter o que falar, provavelmente, ou não), e gente falando mal das pessoas que estavam falando mal sobre a premiação e mesmo assim estavam assistindo.

Pontos de vistas iguais e pontos de vistas diferentes.Todo mundo achando que o seu comentário está abafando porque você tem o gosto musical extremamente rebuscado e que seus ouvidos só escutam coisa de primeira; e gente falando mal de quem fala mal das bandas se achando extremamente tolerante porque não acha a banda ruim (ou talvez até ache) mas um dia vai criticar (ou já criticou) alguém porque não gostou ou não entendeu o filme “X” de Godard ou de Buñuel (Buñuel quem?).

Acho que no fim das contas o que vale é isso mesmo. Falemos todos mal, falemos todos bem. O que importa é se expressar. Pra que todo mundo tem blog, site e ficam falando um monte de baboseira musical, literária, filosófica, e etc??? Pra expressar o seu gosto e sua opinião sobre diversos temas. Você por acaso vai indicar e falar no seu blog algo que você acha ruim? Provavelmente não.

Dá pra entender que as pessoas têm gostos diferentes, e que mesmo que ela seja tolerante pode falar mal de uma banda, filme, livro, ator e etc? Mas assim como ela fala mal da banda, você tem o direito também de falar mal da opinião dela que é falar mal da banda.

Como dizia o filósofo Voltaire “posso não concordar com nenhuma das palavras que você diz, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”.

Mas cheguei à outra conclusão: o ser humano é mesmo contraditório, e quanto mais a gente “cresce”, mais intolerante a gente fica. Afinal, eu gostava de Backstreet Boys, Dominó, Spice Girls (só pra começar a lista, se eu falar ela toda vocês me desrespeitam, seus intolerantes) quando era adolescente. Vai me dizer que eles eram melhores que Restart, Cine, Hori, NXZero e Fresno?

Ah, minha playlist de hoje tem Jorge Drexler, Kelvis Duran, Lady Gaga, Nação Zumbi, Caetano Veloso e otras cositas más. Posso?

ps: falar mal não significa desrespeitar hein galera?!

Mas já que esse assunto foi gerado a partir do VMB, quero constar que o melhor da premiação foi ver o Mombojó vestido assim:

papapa

 

Anúncios

Tags: ,

10 Respostas to “eu falo mal, tu falas mal, ele fala mal…falemos mal então.”

  1. gisele nunes brasil Says:

    medo! muito medo agora, mari.
    vc foi hoje a segunda pessoa a citar esta frase de voltaire nas coisas que leio na internet.
    “posso não concordar com nenhuma das palavras que você diz, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las”.

    sério que me arrepiei todinha quando li isso aqui agora. nunca tinha lido isso antes, muito menos ouvido… eu hein!!!!

    mas hey! deixando as coisas do além de lado, em novembro vou enfim conhecer esse tal mombojó que todos tanto recomendam. mas nem é por eles que irei ao festival (planeta terra). quero mesmo é ver mika. é… gosto mesmo do cara. sou fã incondicional e não quero saber de ninguém falando mal do meu gosto musical, oras! =)

    voltando às coisas do além… tô me divertindo horrores com o lance do light painting. depois posto as fotos no meu blog. mari… essa técnica é coisa do além. hahahaha

  2. Mari Leal Says:

    Hhuaahuahuh Gi :D tu é uma figura!

    vou escutar Mika, confesso que não conheço..e se não gostar vou falar mal hein?!?! brincadeira!

    Light Painting é lindo! vi uns links um dia desses de coisas maravilhosas, vou procurar e te mandar :D

    bjs

  3. Rogério Tomaz Jr. Says:

    Não é questão de gosto… é questão de crescer e aprender a discernir entre lixo e música e, sobretudo, entre produtos da indústria cultural e arte de qualidade… embora a indústria cultural também se aproprie de arte de qualidade e divulgue para mais gente…

  4. Rogério Tomaz Jr. Says:

    ps: NUNCA ouvi sequer falar de Restart, Cine e Hori… e me recuso a ouvi-los… sectário? sim… rs como o Chico César… “odeio rodeio… eu sei que é preconceito, mas ninguém é perfeito, me deixe desabafar”…

  5. Mari Leal Says:

    Sim, com certeza Roger…mas mesmo assim a gente acha que a nossa grama é mais verde que a grama do vizinho, e o nosso gosto cultural é melhor que o dos outros. Quis mais dizer isso, que mesmo tendo preconceito, a gente pode compreender e tolerar.

    Mas o post foi mais pra defender o ponto de vista que todos nós podemos falar bem ou falar mal a hora que quisermos, pq vi muito neguinho pagando de superior porque outras pessoas estavam falando mal dessas bandas, quando conheço esse povo e o que mais eles fazem é falar mal de pessoas que não tem o gosto igual ao seu. Hello??!??!?

    Também sou preconceituosa. Micareta???? nem de graça! (apesar de já ter ido quando adolescente, e adorava, digo logo). Xuxa??? era super fã, assistia a todos os filmes 500 vezes e hoje se eu tiver um filho ele não vai nem saber quem é (se estiver viva) e quem foi essa criatura.

    Mas quanto a essas questões de indústria cultural, produtos de consumo e etc, o buraco é bem mais embaixo e por isso disse lá em cima que não ia entrar nessas questões. hihihihh

    É uma questão de amadurecimento (definitivamente), mas falo a questão do gosto quanto GOSTO mesmo. O que você diria se eu não gostasse de samba (Cartola, Adoniran, Ataulfo..e etc…???) e gostasse de coisas que indicassem que eu tenho cérebro? Talvez não rolasse esse preconceito.

    Conheço gente que até hoje gosta de Asa de Águia (só Asa de águia e quando ela ler isso vai me agradecer pq não disse o nome da criatura), mas que gosta de outras coisas muitoooo boas. Eduardo Galeano é só o mínimo.

    Mas são boas no conceito de quem???

    Como tu falou “a indústria cultural também se aproprie de arte de qualidade e divulgue para mais gente…”

    Adoro esse tipo de discussão, é bem enriquecedor. Mas o melhor foi o que tu falou ai: como o Chico César… “odeio rodeio… eu sei que é preconceito, mas ninguém é perfeito, me deixe desabafar”…

    Então desabafemos…falemos mal então. Falemos todos mal.

  6. Mari Leal Says:

    Eita que esse comentário foi quase um Post. Definitivamente, preciso treinar meu poder de síntese. heheheheh

  7. Pri Says:

    Gente! Isso tá mais pra um debate eleitoral :/ Tento me livrar dos debates diários vendo blogs de amigas e me deparo com DEBATES. Sabe, falem bem ou falem mal, falem de mim! Cada um no seu Quadrado, gostou? Quem nunca teve um feliz mal gosto na infância, na adolescência. E vc esqueceu do Balão Mágico. Adorei ter um mal gosto na infância. Me fez conhecer e saber discernir e aceitar a diversidade musical, cultural, sexual, comportamental de todos os “als “.

    Mas como eu ñ sou de ferro… o papapa e a roupinha do monbojó me fizeram sentir vergonha alheia. MEDO!

    Saudades de tu bubuia!

  8. Mari Leal Says:

    Balão Mágico não é mal gosto Prih, é música pra criança mesmo. :P diferente de É o tchan, creu e outras coisinhas que os pais sempre acham bonito ver as crianças dançando. #NOT

    Prih…o papapa do Mombojó é o máximo! E eles terem ido vestidos assim foi fuderoso!! Super apoio!

    Saudades de tu tb, tá de rosca a gente se vê né?! =***

  9. gisele nunes brasil Says:

    sério que tu vais ouvir?? então olha só: procure o primeiro álbum dele “life in cartoon motion”, que vale mais à pena do que o segundo. pra mim LICM é obra prima do pop. gosto muito, muito, mas muito mesmo. impossível não se animar ao ouvi-lo. disco para poucos, para os alegres de alma, para o que tem alma de criança. =)

  10. Mari Leal Says:

    Vou procurar agora mesmo =****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: