“obrigado por plantar meu presente, meu amor”

O meu amor nunca se permitiu flores
Bem que te quis surpreender no laranja
dos lírios que te arrebatam
ou rosas ao teu carinho

mas o meu sempre foi vida
não se quis pintado na beleza póstuma
nem na certeza de que tudo definha

que te fizesse vê-lo repentinamente mais que na retina
refleti sobre seu melhor reflexo
e embrulhei meu amor numa semente

e um bilhete em cima.

Roberto Scalia

Esse gênio faz parte dessa banda aqui: NUDA

Blog –  TwitterMyspace

Foto: eu

Anúncios

Tags: , ,

3 Respostas to ““obrigado por plantar meu presente, meu amor””

  1. Ana de Fátima Says:

    Mari…Lindo!!!!Vc está muito romântica…Muito bom.
    O amor é o que nos mantém vivos.

  2. Luis Fernando Says:

    meu também “sempre foi vida”, Mari. Por isso às pessoas quase sempre se assustam comigo. Nunca experimentaram um amor com vida. Abraçola!!

  3. Mari Leal Says:

    Continuemos todos amando…e com vida :D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: